Tecnologia

Tecnologia a Favor do Meio Ambiente

Você sabia que a tecnologia pode ajudar, e muito, a favorecer o meio ambiente? Confira nesse post como isso é possível, e como os novos empresários devem investir na preservação ambiental.

Há quem diga que a tecnologia traz muitos malefícios, e realmente, ela pode trazer. Porém, quando o assunto é meio ambiente, a tecnologia pode ajudar a reverter os danos que já causamos para o planeta até hoje. Drones, aplicativos, máquinas, e diversos outros itens podem nos ajudar a identificar os problemas com mais precisão, e chegar até respostas e soluções que, sem a tecnologia, com certeza nós não teríamos. Precisamos que ela seja uma aliada, usada da forma correta pode nos auxiliar com a criação de projetos e intervenções, evitando que o planeta vire um caos por conta de problemas como poluição, falta de água, aquecimento global e afins.  

Drones  

Recentemente, a Veja publicou uma notícia falando sobre drones e mamíferos. Os animais em destaque são as baleias, um dos maiores animais do planeta. A ideia surgiu de grupos de pesquisadores da Dinamarca, e consiste em usar imagens feitas de drones, juntamente com dados arquivados sobre as baleias, para entender o quanto elas estão medindo e pesando. A importância disso é que o peso e tamanho das baleias diz tudo sobre os oceanos, sobre como elas estão se alimentando, como estão lidando com a temperatura do mar, como está o metabolismo dos animais e afins. Além de tudo, esse método não é invasivo, não machuca os animais e não exige grandes manejos. Simplesmente comparando as fotos dos drones com o conhecimento que já possuem sobre os animais, é possível chegar às respostas desejadas. Eles acreditam que essa técnica pode ser usada para outros grupos de animais, o que pode ajudar muito no conhecimento sobre a vida atual das espécies e como elas tem se comportando em seus habitats.  

Aplicativos  

Recentemente, a Fundação Municipal de Meio Ambiente de Morro da Fumaça (FUMAF), criou um aplicativo que gera sustentabilidade e consciência ambiental. O app possui funções como: Avisar o dia da coleta seletiva de cada bairro da cidade, informações úteis e possibilidade de denúncias sobre crimes ambientais. O aplicativo gera uma comunicação aberta sobre meio ambiente, entre a prefeitura e os cidadãos. Dessa forma a população pode ser ouvida, além de criar um senso muito maior de responsabilidade ambiental em cada usuário do aplicativo. O aplicativo também possui a função de Banco Social, onde pessoas que precisam de algum tipo de doação podem ser encontradas por quem possui algo para doar, dessa forma também é evitado que pessoas joguem móveis ou qualquer outro item nas ruas terrenos. Bom seria se todas as cidades possuíssem um aplicativo como esse, e acima de tudo, se houvesse responsabilidade ambiental e comunicação ampliada com o governo.

Ideias para os novos empresários  

Unir tecnologia com gestão ambiental é uma nova tarefa dos novos empresários, além de ser uma ideia que pode gerar ainda mais empregos e projetos relevantes. Há pouco tempo, a Época Negócios publicou uma notícia sobre empreendedorismo e responsabilidade ambiental. A novidade é uma empresa que lançou um criptochocolate, e funciona da seguinte forma: Na embalagem do chocolate comprado existe um QR Code, escaneando esse código o consumidor gera uma doação para quem plantou o cacau que fabricou o chocolate, e pode ganhar descontos na próxima compra em doces da marca. Segundo a notícia, apenas 3% das vendas de chocolate no mundo retornam para os produtores de cacau. Esse projeto teve a capacidade de voltar os olhos para esse problema e criar uma solução totalmente inovadora e tecnológica.  

As vendas desse chocolate se iniciam em 14 de outubro, e trazem um recado de consumo consciente, responsabilidade ambiental e social. Nesse caso, a tecnologia tem total influência sobre o comportamento do consumidor e tem a capacidade de transformar pensamentos e hábitos.  

Tudo indica que os atuais e os próximos empreendedores não apenas poderão, como deverão pensar cada vez mais em medidas como essa, que não visam apenas o capitalismo e o lucro pessoal da empresa, mas aliam tecnologia e sustentabilidade, levando um impacto positivo para o meio ambiente, transformando ações e influenciando hábitos de consumo e de cuidado na sociedade onde estão inseridos.  

Pensamentos, projetos e criações como essas, que aliam a tecnologia a sustentabilidade, deverão ser cada vez mais vistas nos próximos anos, já que as pessoas estão se conscientizando que o planeta não anda em uma boa situação, e já que cada dia que passa novas tecnologias são inventadas.

Como será o futuro com tantas tecnologias e diante os problemas ambientais que temos? Você consegue ter uma pontinha de esperança e pensamento positivo após ler essas notícias? Esperamos que novos empreendedores e pesquisadores cheguem para trazer mais disso e transformar preocupações e problemas reais em atitudes conscientes.